Climate Science Glossary

Term Lookup

Enter a term in the search box to find its definition.

Settings

Use the controls in the far right panel to increase or decrease the number of terms automatically displayed (or to completely turn that feature off).

Term Lookup

Settings


All IPCC definitions taken from Climate Change 2007: The Physical Science Basis. Working Group I Contribution to the Fourth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, Annex I, Glossary, pp. 941-954. Cambridge University Press.

Home Arguments Software Resources Comments The Consensus Project Translations About Donate

Twitter Facebook YouTube Pinterest

RSS Posts RSS Comments Email Subscribe


Climate's changed before
It's the sun
It's not bad
There is no consensus
It's cooling
Models are unreliable
Temp record is unreliable
Animals and plants can adapt
It hasn't warmed since 1998
Antarctica is gaining ice
View All Arguments...



Username
Password
Keep me logged in
New? Register here
Forgot your password?

Latest Posts

Archives

Climate Hustle

Estão acontecendo mudanças climáticas em outros planetas do sistema solar?

O que a ciência diz...

Há três erros fundamentais no argumento de que 'outros planetas estão aquecendo'. Nem todos os planetas do sistema solar estão aquecendo. O sol não vem demonstrando nenhuma tendência de longo prazo desde 1950. De fato, ele está mostrando uma ligeira tendência de resfriamento nas últimas décadas. Existem outras explicações para o aquecimento dos outros planetas.

Argumento cético...

Outros planetas estão aquecendo

"A Evidência de que o CO2 não é o principal mecanismo de controle do aquecimento neste planeta é dada pelo aquecimento simultâneo de outros planetas e luas em nosso sistema solar, apesar deles, obviamente, não sofrerem com as emissões antrópicas de gases de efeito estufa.

Marte, Tritão, Plutão e Júpiter, apresentam aquecimento, o que aponta o Sol como a influência dominante na determinação do clima através do nosso sistema solar." (Ian McClintock)

A base desse argumento é de que o sol deve estar causando o aquecimento global e, de fato, o aquecimento em todo o sistema solar. Existem vários erros nessa linha de pensamento. Em primeiro lugar, a afirmação de que todo o sistema solar está aquecendo é errada. Cerca de 6 planetas ou luas, dentre os 100 corpos conhecidos no nosso sistema solar, tem apresentado algum aquecimento. Por outro lado, Urano está resfriando (Young 2001).

Em segundo lugar, a teoria de que o sol está causando o aquecimento global desmorona quando consideramos que o sol tem mostrado pouca ou nenhuma tendência desde os anos 1950. Uma variedade de medições independentes da atividade solar, incluindo dados de satélite, número de manchas solares, níveis de UV e magnetogramas solares, apresentam um panorama consistente. Ao longo dos últimos 35 anos de aquecimento global, sol e clima tem se movido em direções opostas.

Isso levanta a seguinte questão - o que está causando o aquecimento em outros planetas? Com exceção de Plutão, a mudança climática nos outros planetas é bem compreendida:

  • O clima de Marte é controlado, principalmente, pela poeira e pelo albedo. Tempestades de poeira globais aumentam o albedo da superfície através da sedimentação da poeira clara sobre as superfícies escuras. Um albedo mais elevado faz com que mais luz solar seja refletida, o que tem um efeito de resfriamento. Fotografias da superfície de Marte de 1977 e 1999 mostraram que esta estava mais clara em 1977 e mais escura em 1999. No entanto, isso não aponta, necessariamente, para uma tendência de aquecimento a longo prazo - a fotografia de 1977 foi feita pouco tempo depois de uma tempestade de poeira, enquanto que a fotografia de 1999 foi tirada antes de uma. Consequentemente, há pouca evidência empírica de que um aquecimento global de longo prazo esteja ocorrendo em Marte (Richardson 2007). Mais em Marte...
  • A órbita de Netuno está sob observação há 164 anos (1950 até hoje), o que representa menos de um terço de um ano netuniano. Uma modelagem climática do planeta sugere que seu brilho é uma resposta sazonal (Sromovsky 2003). P. ex., o hemisfério Sul de Netuno está entrando no verão. Mais sobre Netuno ...
  • A maior lua de Netuno, Tritão, tem se tornado mais quente desde que a sonda espacial Voyager esteve lá em 1989. A lua está se aproximando de um verão extremo no hemisfério sul, uma estação que ocorre a cada algumas centenas de anos. Durante esse período, o hemisfério sul da lua recebe mais luz solar direta (Elliot 1998).
  • As tempestades de Júpiter são alimentadas pelo próprio calor interno do planeta (a luz solar é 4% da energia solar recebida na Terra). Quando várias tempestades se fundem em uma única tempestade maior (p. ex., Red Spot Jr), o planeta perde sua capacidade de misturar o calor, causando aquecimento no equador e resfriamento nos pólos (Marcus 2006). Mais de Júpiter...
  • O aquecimento de Plutão não está completamente compreendido. A órbita de Plutão é muito mais elíptica do que a de outros planetas, e seu eixo de rotação é inclinado por um grande ângulo em relação a sua órbita. Esses fatores poderiam contribuir para as mudanças sazonais drásticas. Como a órbita de Plutão equivale a 248 anos na Terra, e o aquecimento foi observado apenas nos últimos 14 anos, é provável que ele represente apenas uma resposta sazonal (Sromovsky 2003).

Translation by claudiagroposo, . View original English version.



The Consensus Project Website

THE ESCALATOR

(free to republish)

Smartphone Apps

iPhone
Android
Nokia

© Copyright 2017 John Cook
Home | Links | Translations | About Us | Contact Us