Climate Science Glossary

Term Lookup

Enter a term in the search box to find its definition.

Settings

Use the controls in the far right panel to increase or decrease the number of terms automatically displayed (or to completely turn that feature off).

Term Lookup

Settings


All IPCC definitions taken from Climate Change 2007: The Physical Science Basis. Working Group I Contribution to the Fourth Assessment Report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, Annex I, Glossary, pp. 941-954. Cambridge University Press.

Home Arguments Software Resources Comments The Consensus Project Translations About Donate

Twitter Facebook YouTube Pinterest

RSS Posts RSS Comments Email Subscribe


Climate's changed before
It's the sun
It's not bad
There is no consensus
It's cooling
Models are unreliable
Temp record is unreliable
Animals and plants can adapt
It hasn't warmed since 1998
Antarctica is gaining ice
View All Arguments...



Username
Password
Keep me logged in
New? Register here
Forgot your password?

Latest Posts

Archives

Climate Hustle

A influência das microrregiões no registro de temperaturas é mínima

O que a ciência diz...

A influência das microrregiões nas mudanças de temperaturas é mínima; locais bons e ruins mostram a mesma tendência.

Argumento cético...

É a influência das microrregiões

As estações meteorológicas dos EUA foram colocadas próximas a exaustores de unidades de ar condicionado, cercadas por estacionamentos asfaltados, sobre telhados quentes, e próximas a calçadas e prédios que absorvem e irradiam calor. 89% das estações não atendem aos próprios requisitos do Serviço Nacional de Meteorologia de que as estações devem estar a 30 m de distância de uma fonte artificial de aquecimento ou radiação/reflexão. (Watts 2009)

O website surfacestations.org recrutou um exército de voluntários para fotografar as estações que medem a temperatura terrestre nos EUA e documentar as estações localizadas perto de estacionamentos, condicionadores de ar, ou qualquer outra coisa que leve a uma tendência de aquecimento. Eles observaram que 89% das estações não atendiam os critérios do serviço de meteorologia dos EUA, de uma forma ou outra. Isso não é bom. Isso prova que a tendência de aquecimento nos EUA é só a influência artificial de estacionamentos e condicionadores de ar sobre o registro da temperatura vindo de estações "ruins"?

Não. Na verdade, uma análise mostrou que estações "boas" e "ruins" mostram uma tendência muito similar para as temperaturas ao longo do tempo. O quadro abaixo compara os dados de estações que o surfacestations.org identificou como "boas" e "ruins". Note que as estações "boas" seguem bem próximas das estações "ruins", e na realidade as estações "boas" mostram uma maior tendência de aquecimento! 

Maximum and Minimum Temperature Anomaly for good and bad sites

Figura 1. Média anual não ajustada, máxima e mínima, para as mudanças de temperatura, calculada usando as temperaturas (c) máxima e (d) mínima de estações boas (good siting) e ruins (poor siting) (Menne 2010).

Os voluntários do surfacestations.org merecem o crédito por apontarem problemas nas estações de medição de temperatura do Serviço Meteorológico dos EUA. Infelizmente, o fato de que as estações "boas" e "ruins" mostram a mesma tendência ascendente, prova que o aquecimento nos EUA não é só um problema de medição. As temperaturas estão subindo em todo o globo, não só nos EUA. A influência das microrregiões sobre as medições não explica o aumento de temperatura nos EUA, muito menos o aumento global.

Refutação básica escrita por Jim Meador


Atualizado em Julho de 2015:

Link para uma vídeo-aula relacionada, do curso Denial101x - Making Sense of Climate Science Denial

 

Última atualização em 15 de Julho de 2015 por pattimer. Ver Arquivos

Translation by claudiagroposo, . View original English version.



The Consensus Project Website

THE ESCALATOR

(free to republish)


© Copyright 2019 John Cook
Home | Links | Translations | About Us | Privacy | Contact Us